14 agosto 2013

Autárquicas – Propostas PSD

34 comentários:

  1. Estas são as linhas a seguir num programa que de facto será o que o Povo de Coura quiser, pois falar por falar não serve, temos que dar provas do que se fala, deve existir uma imagem de fundo que permita perspectivar o objectivo a alcançar, porque não sermos todos verdadeiros Courenses sem esquecer o que fomos e podemos de novo ser, porque dizer que é difícil é desculpa dos fracos de mente.
    Coura merece quem saiba lutar, quem ande na Politica com o verdadeiro sentido de responsabilidade, com experiência provada, com historial de executivo, de assembleia, de oposição de associativismo, Coura merece quem saiba arregaçar mangas e ponha mãos a obra, Coura precisa de mudança, mudar caras não muda Politicas, Coura precisa de mudar Politicas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parabéns PSD e o seu candidato, vamos ter homem com experiência de trabalho quer como excelente profissional com mesmo nas relações sociais quer com adversários como com todos.
      Prá frente Décio, agora ou nunca, o outro candidato é de fato bom rapaz mas não passa disso mesmo, falta-lhe experiência de vida, não basta ter canudo faltando-lhe o resto mais importante que é a escola da vida...

      Eliminar
  2. Fiquei convencido com o cometário das 16.03.
    Parece que temos ideias
    Mas estavas a falar de quem já agora?
    Desta vez voto CDU!

    ResponderEliminar
  3. A guerra politica já não é entre a direita e a esquerda.
    É entre quem pensa primeiro em si próprio e quem pensa primeiro nos outros
    "M.E.Cardoso"

    ResponderEliminar
  4. A política sem ética é uma espécie de morte lenta da Democracia.

    "M.J.M."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com Carradas, Paula Caldas e companhia na verdade não vamos lá,mas,desta vez pelo menos da parte do PSD o candidato é mesmo muito BOM, todos o conhecemos o Joffel nem para lha engraxar os sapatos ou alguém terá dúvidas???

      Eliminar
  5. Décio - Porque não TE reconheço?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente não se reconhece o Décio, construtor megalómano de ideias de betão em caixotes, pregoeiro da anarquia e da desordem (lembram-se? auto-falante no tejadilho, microfone em riste, e voz rouca de tanto gritar?). Ninguém diria, ao ler este idealismo bucólico, este tributo ao progresso sustentado, esta súbita devoção à Agro-Pecuária, assente, vá-se lá a saber por artes de que diabo (Amândio?), na convivência sadia entre a árvore e o porco onde, por mutação de hábitos alimentares, os ditos Suínos acabarão por ver as folhas de eucalipto substituir as bolotas nas suas manjedouras. Estranha, muito estranha mesmo, vinda de onde e de quem vem, a referencia explicita ao turismo rural, faz-me mesmo lembrar aqueles meninos do Chiado que, afirmando-se cansados da sua urbanidade, povoaram os seus tanques de trutas, meteram uns garranos a comer nas banheiras, daquelas todas XPTO para hidromassajar os burros e os egos que acabariam mesmo inflamados, finalmente soltaram uns porquitos mascarados de javali pelas marquises e, não satisfeitos ainda, em pleno delírio campestre, convidam os amigos, metem-lhes uma cana de pesca na mão, uma espingarda no ombro e fazem deles agricultores/pescadores/caçadores e comedores enche-a-pança por um dia . Isto é turismo rural? isto é turismo cultural? Isto é ruralidade orgulhosa? Isto é florestação sadia? Isto é pecuária selectiva? Isto é valorização de espécie por respeito de habitat e características próprias de dieta? Isto não será brincar com a inteligência do eleitor, toda esta espécie de arroz de ideias, sopa de letras, verdadeiro sarrabulho com todos, este textinho de escola-primária onde se fala de industrialização, turismo rural, cultural e ambiental, exploração pecuária e agro-florestal, saúde e bem-estar, emprego e comércio? Onde tudo nos é servido num pequeno pratinho de sobremesa? redacção de escolinha em que se acaba por misturar carne com peixe, envolvendo tudo num pó de humildade ingénua, esperando com isso vir a merecer um "Suficiente"? Desculpem se me enervei um pouco ao escrever isto, não resisti, revolta-me a imbecilidade de quem se sente rodeado de imbecis, alguém que nos trata como crentes de promessa fácil, de compradores de demagogia barata, alguém que se diz o Homem da mudança mas que aqui, mais uma vez, mostra ser homem para meter trutas no charco, até mesmo de meter Coura no charco mas se revela totalmente incapaz de vir a ser, ele mesmo, essa pedrada no charco que Coura tanto precisa.
      Décio, porque não TE reconheço?
      Por amor da Santa....valha-nos São Décio das Autarquias!

      Eliminar
    2. Ó camarada, isso parece mais figadeira que prosa!
      Se for de outro sítio do ventre talvez te ouçam! Com um peido destes, não vais longe!

      Eliminar
    3. Noto um certo sabor amargo deste senhor das boas escritas, delineadas por ondas de amargura na hora de ver que o certo se torna incerto, levando mesmo a rasgos de alguma raiva por sentir que a certeza de tantos anos o coloca agora na incerteza, qual o motivo simples, porque um rapaz caído de para quedas, na lama da Politica local, traz novidades, como sendo descobridor, de novos mundos, de novas politicas, até aqui errados novamente, apenas reflectiu no caminho seguido nos últimos anos, redescobriu a utilidade dos Baldios, esquecidos e usados na corrupção das vontades de alguns, e soube de uma forma sábia dar-lhes utilidade, rentabilidade e sustentabilidade, claro que é estranho num Concelho de despesismo, de egoísmo politico, em que ser Politico serve apenas para servir os seus. Chamar ou comparar o Homem ao Diabo, não vejo motivos, Portugal de lés a lés dá elogios, os Emigrantes orgulham-se de comentar que são da terra do referido Presidente de Junta, e o senhor chama-o de Diabo, acredito que sim para o PS deve ser um Diabo, provavelmente grande parte dos votos que vão perder terão por base actuação deste Homem, que por ser humilde não abdicou do simples cargo que têm.
      Fala de promessas fáceis terei que lhe dizer que segundo muita gente alguns dos dinheiros gastos em disparates como festas chegavam para aplicar este plano no Concelho, claro que que para vós é uma imbecilidade, demonstraram isso durante 20 anos, nunca trabalharam para desenvolver Coura, não temos nada que nos identifique nem um Produto local, nada de nada, Coura não produz nada em termos de ruralidade.
      Enfim estou para aqui a discutir gastrites nervosas de quem vê o chão a fugir, mas segure-se vai fugir ainda mais.

      Eliminar
    4. Vai! vai! Décio,amigos para sempre,mas na politica,meu amigo,virar casaca não!Eu te conheço| e pergunto:
      Os meios justificam os fins?

      Eliminar
    5. Boa! Dá-lhe agora que a hora vai chegando... De mansinho!
      Vamos lá dar a volta a isto!
      Coura para Todos? É que é!

      Eliminar
    6. Podem apostar que Coura não vai reconhecer o novo PSD, sim temos uma equipa renovada, pois queremos trabalhar apenas para o Concelho e para as suas dificuldades, devemos estar para o Concelho, não o Concelho estar para nós. Vem por ai um PROGRAMA digno das dificuldades de todos os Courenses, estamos a trabalhar Freguesia por Freguesia, pois é hora de mudança, e vai mudar.

      Eliminar
    7. heheheheh, a minha avò diz: - quem são aqueles moços pequenos da lista vermelha!!! Boa avò!

      Eliminar
  6. O Décio com certeza que viu estas coisas no google. Palha sem dúvida quem tem, mas propostas concretas ainda não vi.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas vai ver, roer as unhas, arrancar cabelos, mas vais ver, sempre podes optar como fiel ditador começar a abater neles

      Eliminar
  7. Este cartaz sempre diz alguma coisa! O do outro não diz nada! È só um homem de fato...

    ResponderEliminar
  8. Coura precisa de acção, prometer formação e estudos é seguir o caminho errante dos últimos anos, é hora de agir de mudar de seguir o rumo que todos sabemos ser o único.

    ResponderEliminar
  9. A ignorância é o maior inimigo do progresso.

    ResponderEliminar
  10. É verdade, a ignorancia é o maior inimigo do progresso. Infelizmente em P.Coura, a ignorancia grassa há muitos anos, e é por isso que o concelho é o menos desenvolvido do distrito de Viana do Castelo. O povo continua a dormir, sempre dormiu, continua a prestar a vassalagem aos mesmos, e é por isso que sempre se disse que "quem muito dorme, dorme-lhe a fazenda"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não!!!... Não!!!... Os Courenses felizmente são bem espertos, inteligentes e não se deixam enganar como o resto de muitos portugueses estúpidos, ao nível Nacional que ajudaram a colocar esta direita ditadora! destruidora do nosso país!!!... Esta corja social que quer a toda a força empobrecer Portugal!!!...
      Esta direita que nos desgoverna tenta ignorar um Tribunal Constitucional! Coloca os ricos cada vez mais ricos e os pobres cada vez mais pobres sem olhar a meios!!!... Viva este povo de Paredes de Coura que dá uma lição de gente esperta a todo este país de muitos estúpidos que para estes, é o velho ditado "Quanto mais me bates mais eu gosto de ti!"...

      Eliminar
    2. Este bloguista deve estar com os copitos, da maneira que estrebucha não pode ser de outra forma, este é mesmo esquerdista dos mais esquerdistas da nossa praça!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      Eliminar
  11. Está na hora! Vamos acordar por Paredes de Coura livre e sem "tabus"
    Em frente ,vamos lá!!!

    ResponderEliminar
  12. às armas e varões assinalados!
    Por acaso tu estavas por cá em 25 de Abril?Revolução dos cravos?
    Bem me parecia que não,eu estava,já tinha sentido na pele o que era a ditadura!
    Fosca-se! Precisavas passar aí...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu estava,passei aí!por isso a minha revolta de brincarem aos políticos ,hoje!

      Eliminar
    2. Estava cá sim senhor, e felizmente nunca senti a tal ditadura de que falas, mas com esta Câmara, infelizmente a senti e de qua maneira!
      Perseguição sem dó nem piedade, todos os que não estavam com o presidente e seu staff logo eram postos de parte!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      Eliminar
    3. Até colocavam os funcionários de castigo a olhar para as paredes!

      Eliminar
  13. Por certo o Pereira ainda p. de câmara bem podia ter promovido o seu general Joaquim F. Lopes, ao lugar de vereador, este sempre foi um fervoroso seu apoiante, embora tivesse não pode ser tudo...

    ResponderEliminar
  14. http://sicnoticias.sapo.pt/especiais/autarquicas2013/2013/08/18/autarcas-que-se-candidatem-a-outras-camaras-sao-elegiveis-afirmam-constitucionalistas

    "Em relação às freguesias, que têm um novo mapa administrativo, Miranda defende que não pode haver candidaturas a freguesias que, devido à agregação, abranjam "uma freguesia de que uma certa pessoa já era presidente".

    jofel, acho que nem o Sr Padre te salva!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa é boa!Vaaaaai....força

      Eliminar
  15. Europa, Península Ibérica, Portugal, Norte, Minho, Viana do Castelo, Paredes de Coura.
    Agora que chegamos, importa referir que no Concelho de Coura, outrora "celeiro do Minho" a actividade Agricola estagnou, criatura moribunda em rasgos de pouca agonia de tão pouca vitalidade lhe resta, de encosto a uma Pecuária de abandono, pelos bastos baldios, ricos em vegetação que retratam o claro esquecimento desta riqueza, um Concelho que não sabe hoje usar os seus recursos, naturais, indiscutíveis no entanto todos parecemos negar a sua existência, Políticos, eu e vós, temos que saber encontrar neste apertar de tudo, as oportunidades que nos são oferecidas de bandeja, tantas vezes a luta interna de fazer o que se não faz, me leva a reflexões, tentativas ou alertas da normalidade que por vezes se atropela.
    Sei hoje que para lutar por este Concelho não necessito de cargos, basta-me mostrar o Caminho, que segui e que trilho, e se os resultados forem convincentes outros tomaram o mesmo rumo, por vezes a realidades não são iguais, eu sei, no entanto encontra-se a igualdade nas finalidades nos objectivos e muitas vezes nas medidas, pois se o objectivo é lutar pelo melhor de Coura, como pode haver poder e oposição, sim estas coisas da dita democracia, o mal e que nem sempre os interesses são comuns, aqui se encontra a discussão e discórdia, sei confuso, mas a Politica é assim confusa, tantas vezes irracional, sempre com o objectivo de agradar a uma maioria que garanta a eleição, será nesta maioria que se encontra a razão, mas é nas minorias que se encontram as injustiças, descriminação e rejeição social, confuso eu sei, no entanto algo para reflectir...........
    https://www.facebook.com/amandiomeireles 14/03/2013
    Afinal sempre recusou cargos.

    ResponderEliminar
  16. http://eramaisumfino.wordpress.com/2012/08/13/paredes-de-coura-e-politica/

    Paredes de Coura e Política

    Ouvia há pouco na TSF uma interessante reportagem sobre o festival de Paredes de Coura. A história de como tudo começou era curiosa e a forma como quiseram manter os critérios de escolha das bandas era de valor. Tudo corria bem até um dos organizadores ser entrevistado.

    Disse ele que começaram em 1993 quando, quase inconscientemente, resolveram propor ao Presidente da Câmara local a realização de um festival de música para jovens. O edil achou boa ideia e apoiou. Deu-lhes 160 contos para contratarem bandas.

    Qual foi a primeira banda que contrataram e a quem pagaram? Foi a própria banda!… Porque alguns deles tinham uma banda de garagem. Mas que grande exemplo, hein? Mais valia ter estado calado.

    E depois é esta gente que critica os políticos e ex-políticos que contratam filhos, sobrinhos, sobrinhos-netos, outros familiares e amigos. Reina o nepotismo em Portugal e esta é apenas uma das mais cruciais razōes para o país estar neste estado.

    ResponderEliminar
  17. http://www.youtube.com/watch?v=WGo8AE2dbYk

    ResponderEliminar
  18. nao sei porque nao aparecem as restantes listas das outras freguesias so de padornelo e moselos que vergonha

    ResponderEliminar

Agora que leu, pode deixar aqui o seu comentário. Já agora, com moderação e boa educação! O Mais pelo Minho reserva-se o direito de não publicar comentários insultuosos. Quaisquer comentários inadequados deverão ser reportados para o email do blogue. Muito obrigado!