22 dezembro 2011

Só o nosso continua… ao abandono

sanatório 4O antigo sanatório da Gelfa, em Caminha, deverá entrar em funcionamento em Janeiro, com gestão a cargo do Instituto S. João de Deus, de Barcelos, e irá servir de unidade de cuidados continuados para internamentos de longa duração do foro psíquico. Já o antigo sanatório de Mozelos, Paredes de Coura, continua à espera de melhores, gorado que parece estar o projecto de ali instalar um hotel com campo de golfe.

Dizia-me há tempos um amigo que o futuro daquele imóvel, em local nobre do concelho, culminará certamente com a ruína mais que certa do edifício, abandonado há muitos anos e por onde já passaram actividades pouco condignas para aquele espaço. Não foi preciso pensar muito para chegar à conclusão, óbvia, de que ele tem razão. Infelizmente!

32 comentários:

  1. dificuldades financeiras, sim. mas acima de tudo, muita falta de visão e ambição.

    ResponderEliminar
  2. Muita muita falta de visão e ambição, depois de haver um projecto para aquele local no valor de milhões de euros. E no entanto ninguém conseguiu desbloquear a situação, de quem é o edifício? Do ministério da Saúde? Das Finanças? E pronto, bloqueou-se neste ponto e não se andou para a frente, deixaram fugir este investimento...uma pena..

    ResponderEliminar
  3. É na verdade lamentável e uma vergonha para o poder local, deixar este grande prédio ao abandono,não venham dizer que não sabem quem é o dono!!! Olhe eu de certeza que não sou, mas não tenho a mínima dificuldade em saber que este imóvel é do ESTADO.
    Ja escrevi sobre este imóvel que entrou em degradação total,onde devia ser aproveitado para um verdadeiro LAR DE IDOSOS,acho que tinha 300 quartos, no entanto fazem-se "capelinhas" em tudo o que é sítio,descurando o real valor daquelas instalações em local deslumbrante.~
    Muita parra e pouca uva, têm-se falado na eventual utilização das mesmas instalações para ..... o certo é que nada de positivo se vai registando.Não tenho dúvidas que o governo sem grande dificuldade cede estas instalações para serviços sociais ou outros públicos,ainda com a eventual possibilidade de subsidiar as obras.Acordem, já é tempo de deixarem de dormir a ver a banda passar.
    Se não sabem como fazer, copiem o que outros fazem.Que saudade tenho dos tempos de outrora onde aquele empreendimento fez história no concelho!!! Postos de trabalho.

    ResponderEliminar
  4. "não venham dizer que não sabem quem é o dono!!!"

    Já toda a gente sabe quem é o Dono!!! Concerteza o Estado!!!
    Mas saberá vc o que é O Estado????
    É que o Estado tem diversos ministérios, ministérios que possuem bens!!! E como qualquer outro têm que pagar impostos ao Estado!! Complicado nao é???
    O Problema é que ali nao está registado em nome de Ninguem!!!!Nao se sabe a quem realmente pertence e quem o poderia "dar" ou ceder ao Concelho!!!

    " devia ser aproveitado para um verdadeiro LAR DE IDOSOS,acho que tinha 300 quartos, no entanto fazem-se "capelinhas" "

    Nao concordo!!! Pois hoje, e bem, fazem-se pequenos Lares de idosos(capelinhas) , nao deslocando os idosos do seu meio ambiente , nem os metendo em casas de dimensoes onde depois o conforto e a assitência deixam muito a desejar!!!
    Qunato ao tao falado empreendimento Hoteleiro!!! já muito aqui se disse e já descrevi demais sobre o assunto!!!
    Gostei de ver lá os Porcos...

    ResponderEliminar
  5. Mas que projecto? Ouvem boatos e pensam que tudo é verdade. Qualquer tonto sabe que são centenas o numero de projetos que são propostos a qualquer Camara todos os dias, a maioria não passam de intenções sem pés nem cabeça. Já imaginaram o numero de tontos que todos os dias aparecem na autarquia com projetos? O projeto do golfe foi por agua abaixo e a culpa que saiba não foi da Camara. Juizo na cabeça. Os projetos querem muitos milhões e investimentos raciocinados... e não boatadas.

    ResponderEliminar
  6. "Ouvem boatos e pensam que tudo é verdade."

    Para sua informacao o projecto continua de pé e já foram assinados os protocolos de Compra e Venda dos terrenos particulares !! Outros preferiram alugar e tb assinaram os respectivos contratos!!!

    ResponderEliminar
  7. Pró cavalheiro que amandou esta baboseira!
    "Que saudade tenho dos tempos de outrora onde aquele empreendimento fez história no concelho!!!"

    Deve ser do Natal essa saudade toda!
    Ou do tempo da outra senhora... deixa lá não vale a pena chorar.
    Quantos à tua proposta, porque não a presentas tu ao novo governo. Com a onda de privatizações neoliberal ainda eras considerado um grande investidor.
    Mas essa dos 300 quartos é de homem!

    ResponderEliminar
  8. Pois é sr Bastos, tudo verdadeiro noticia.
    Mas para aqui chegar foram precisos 6 anos (seis anos) de longa intervenção do PROPRIO MIN DA SAUDE. Ah pois foi! Desde unidade de acamados até unidade de saúde mental (senhoras) privatizada (ou seja a uma instituição privada que se mexe bem na área) foi preciso muito tempo!
    Comparações? Não tem nada a ver. O MS com a unidade para homens, está em Barcelos.

    ResponderEliminar
  9. Acho que está tudo dito em referência ao abandono e possível recuperação do ex Sanatório Presidente Carmona.
    Todos sabemos que o estado somos todos nós, só os governantes eleitos.podem de devem decidir o que fazer para com estes casos;sabemos bem que o Conselho de Ministros é presidido por um primeiro ministro,reúne todas as (quintas feiras) com todo o seu governo, numa só sala,será difícil ao primeiro ministro resolver este problema???Por favor deixem-se de baboseiras,mãos à obra a Câmara em vez de gastar balúrdios em Portas do Corno de Bico, Ceias parques de est.desnecessário etc etc.,,já podia ter este empreendimento em suas mãos, aí sim,grande obra que a todos nos dignificaria a bem do social.
    Deixemos para lá famigerado campo de golfe,hoteis,etc etc....Blá Blá Blá...
    Há saudades normais do que no passado se realizava com pés e cabeça,deixe-se de resvalar para o então regime anti-democrático que todos nós,acho eu,nos revemos, mas como sabe, é da história devemos sempre ver os melhores resultados em tantas obras então realizadas,poucas, é verdade mas feitas com o nosso dinheirinho,agora fazem-se muitas obras,as necessárias e desnecessarias mas com os dinheiros da Comunidade Europeia!!!

    ResponderEliminar
  10. Tava mesmo muito bêbedo!!!!!!

    ResponderEliminar
  11. Bêbado deve estar e com certa frequência o Lobo,pois é, as noitadas mal dormidas os tais que apenas dormem de dia e nada fazem à noite!!!
    Quanto aos projectos para a eventual recuperação do antigo Sanatório, já o disse e repito é só falácia pura e barata, o que sabemos é que o prédio existe rodeado de grande parque florestal(este em parte já destruído, à espera de uma Instituição que o possa recuperar.Em tempos não muito recuados o mesmo edifício estava administrativamente gerido pelo então Centro de saúde mental da Gelfa(Caminha) folgo ver aquele mesmo estabelecimento de saúde ser recuperado pelo S.João de Deus de Barcelos,este de certeza encontrou dono..!!!! Só o de Coura é que não sabe a quem pertence!!!!Pura vergonha, e falta de criatividade,ambição e visão no futuro, no entanto as novas construções vão se erguendo aqui e acolá,basta ver a Misericórdia local que por acaso o provedor é o mesmo presidente da Câmara e não se apercebe deste caso tão urgente.
    Este, há uns tempos disse à Comunicação Social que o tal empreendimento ia ser vendido em hasta pública???? Como é, sabem ou não quem é o dono,sei eu(Estado Português, querem uma ajudinha,ponto parágrafo).

    ResponderEliminar
  12. De facto é uma pena a Srª.da Pena ter a seus pés um prédio daquela categoria assim tão degradado.!!! É da maior urgencia que as forças vivas do concelho com especial relevo para a autarquia que metam mãos à obra para darem um destino digno aquele edificio e ao local onde se situa.!!! A meu ver o ideal seria uma unidade hoteleira.Já várias camaras enveredaram por esta estrategia de desenvolvimento,nomeadamente Monção(Hotel das Termas) e Melgaço(hotel no C.Estágio).Um parceiro com qualidade também seria a Ritmos,com provas já dadas proximo daquela actividade(cultura e lazer).Vamos lá investir na vossa terra,e não fora dela como estão a fazer.!!!! O Estado está mortinho por passar aquilo a patacos.!!!!!! A Camara deve mostrar mais interesse na resolução desta assunto,caso contrario será dificil aparecer um D.sebastião para salvar o sanatorio.

    ResponderEliminar
  13. Esta cambada ainda não percebeu que um hotel é sempre consequencia de dinamismo económico. É este o país que temos: chicos espertos a mandar tacos::::::

    ResponderEliminar
  14. Vamos ser objectivos e falar sério. Tem ou não o executivo Camarário responsabilidade neste processo? Desvalorizar opiniões e propostas por muito descabidas que elas sejam, é uma prova de ignorância manifestada por aqueles, cuja capacidade nem sequer lhes permite ter um esboço de qualquer ideia, por muito cretina que possa ser. Aproveitar essas opiniões para desculpabilizar os responsáveis, é manifestação de desonestidade intelectual.
    Para que possamos discutir seriamente o que dali poderia sai, carece em primeiro de tudo, saber quem permitiu a que aqui chagasse, se o não fizermos, corremos o risco de vir a acreditar em propostas, cujos autores podem ser os responsáveis pela situação.

    Um Bom Ano para todos,

    ResponderEliminar
  15. O Final de Ano faz com que se aponte para um balanço sobre a notoriedade social e politica deste pequeno coração do Alto Minho.
    Aí vai, por ordem alfabetica, que não por (maior) merecimento...

    PREMIO:
    AMIGA DO ANO
    Ana Maria

    SUSPEITO DO ANO
    Carioca

    BOM RAPAZ DO ANO
    José Augusto

    CALADO DO ANO
    Albano

    CANGALHEIRO DO ANO
    Pereira Junior

    CRIADORA DO ANO
    Alexandra Marinheiro*

    DEPUTADO DO ANO
    João Paulo

    DESAPARECIDO DO ANO
    Arlindo

    DESILUSÃO DO ANO
    Lobo*

    LAMBE BOTAS DO ANO
    Tinoco

    PROMOÇÃO DO ANO
    Vitor Paulo

    REGRESSO DO ANO
    Rosalina

    REPESCADO DO ANO
    Décio

    SURPRESA DO ANO
    Sporting Courense

    TRAMADO DO ANO
    Monteiro

    XICO ESPERTO DO ANO
    João Carvalho

    Em jeito de balanço foi o que disseram as más línguas.
    Qualquer semelhança com a realidade é apenas pura coincidência.
    Bom Ano 2012.

    * Nomeados para mais que uma categoria (com merecimento)

    ResponderEliminar
  16. Subscrevo, com declaração de voto:

    na minha opinião o "Lambe Botas do Ano" estaria bem melhor entregue ao "Lobo", por tudo o que tem feito em defesa do seu dono (Tone Pereira).

    ResponderEliminar
  17. “continuação”
    “MENOS 70.000 EUROS PARA O FESTIVAL”.

    Manifestei a minha disponibilidade para continuar a discutir este assunto, desde que alguém com intuito sério se interessasse também. O que me parece que aconteceu.
    Os meus textos sobre este assunto, tem um “continua” no final, e agora passam a ter um “continuação” no inicio, para facilmente se entender o raciocínio.
    É demasiado importante, porque como alguém já fez as contas, com as quais eu concordo plenamente, considerando que pecam apenas por defeito, o investimento do município no “Festival” nos últimos 10 anos, equivale a cerca de 50% do endividamento até ao momento. Não é licito tirar estas conclusões, mas é uma realidade.

    Tal como escreveu um “ Anónimo disse...em18 Dezembro, 2011 23:53”, convém reflectir, e concluir objectivamente sobre o que se poderia ter poupado, ou ganho, com o investimento no Festival.

    Sobre a minha posição volto a repetir: é um evento da responsabilidade de uma Empresa privada; o Município deve apoiar, e é do interesse de Paredes de Coura.
    Continua…..

    ResponderEliminar
  18. Subscrevo na totalidade o qualificativo dado pelo bloguista de 29.12.22.09,nada mais perfeito do que essa classificação onde poderiam eventualmente constar mais alguns nomes....

    ResponderEliminar
  19. 1 - Achei muita piada às personalidades do ano.!!!! Mas retiraria o Carioca - Não tem categoria e conhecimentos para fazer parte da lista.!!!
    2 - Já basta de discussão sobre o Festival. !!!!
    Que seja um sucesso o de 2012.!!!

    ResponderEliminar
  20. Sem comentários,apoio o que diz o blogue anterior.Bom ano, mesmo com os mesmos imbecis a des/governar o concelho.

    ResponderEliminar
  21. Os PSD's parece que andam com imaginação. Só é pena é que dure pouco.

    ResponderEliminar
  22. Muito obrigado pelo Prémio !!!!
    Mas o LOBO lamenta, mas nunca tive dono!!! Sou um animal Livre e protegido!! Já se sabe que muitos o gostariam de conhecer e talvez ter como animal de estimacao!!!
    Continuem a correr atráz de mim.... adoro ser todas as personagens que inventam para mim!!!!! Bom ano....

    ResponderEliminar
  23. A lista tem uma grave omissão: João Cunha. Porque será?

    ResponderEliminar
  24. Não me parece que tenha imaginação para tanto!

    ResponderEliminar
  25. Muitos outros teriam lugar na lista…uns mais conhecidos, outros anónimos, mas como compreendem, é sempre assim, só poucos tem o mérito de ter sido notados.. não fui o autor, mas subscrevo….
    Registei o comentário do “Lobo”, não tem dono,, ainda bem, quanto a Lambe Botas, parece estar de acordo…é um bom sinal!!!!!!

    ResponderEliminar
  26. As primas estão em boa posição. Também têm feito pela vida. Pelo menos tramando o outro.

    ResponderEliminar
  27. Diz o bloguista que foi preciso seis anos para descobrir qual o verdadeiro dono do imóvel ex Sanatório Presidente Carmona,deve estar equivocado,seis anos seria o tempo para construir um empreendimento igual.
    Como todos sabemos existem ministérios diferentes, mas só um primeiro ministro a presidir, com vontade política, bastava uma reunião do conselho de ministros já resolveria o problema determinando o Ministério a que o mesmo ficaria adstrito, .Aqui não se tratava de testamento de terceiros ou mesmo propriedade privada, é caso de Estado,p.p.

    ResponderEliminar
  28. Sabia que a pequena indústia e pequenos comércios em Coura estão a desaparecer; p ex.Fábrica das camisas que empregava cerca de meia centena de pessoas, na Zona Industrial de Castanheira, Carpintaria Gonçalves Pereira em Resende,chegou a empregar mais de duas duzias de empregados,Fábrica de Ferramentas em Castanheira,Bazar Palácio,Lagoa Azul, Mediarcos,Rústica Coura e inúmeras lojinhas nos dois centros comerciais,enfim... graças às zonas industriais localizadas nos concelhos vizinhos de Valença,Cerveira e Caminha,onde diáriamente se deslocam dezenas ou mesmo centenas de jóvens que ali conseguiram trabalho.
    O que nos diz o nosso autarca???

    ResponderEliminar
  29. Se quiseres digo-te quantas fecharam em Valença. Entre lojas lojinhas e Centros Comerciais a mais e galegos a menos: 135. Pois, parece que só há menos dinheiro em Coura!

    ResponderEliminar
  30. A camara pouco ou nada pode fazer quanto ao fecho de lojas comerciais ou outras industrias.Agora com o argumento da crise muitos patrões aproveitam-se para encerrar os seus estabelecimentos ou industrias,mas na verdade alguns fecham portas porque sempre foram mal geridos ou então os donos já estão fartos.

    ResponderEliminar

Agora que leu, pode deixar aqui o seu comentário. Já agora, com moderação e boa educação! O Mais pelo Minho reserva-se o direito de não publicar comentários insultuosos. Quaisquer comentários inadequados deverão ser reportados para o email do blogue. Muito obrigado!