26 março 2006

A Câmara e o lixo: alguém anda enganado

Das duas uma: ou alguém na Câmara não anda a fazer o seu trabalho ou então alguém na Câmara não sabe como estão as coisas no terreno. Vem isto a propósito de uma carta que a autarquia de Paredes de Coura está a enviar a vários munícipes, pelo menos da vila, onde alerta para a necessidade de se colocar o lixo nos respectivos contentores.
Até aqui nada de mais, até se louva esta tentativa de sensibilização para as questões ambientais, não fossem os termos em que esta é feita. É que, na referida carta, a Câmara diz que, no edifício em que mora o destinatário, alguém anda a colocar o lixo fora dos contentores. E é aqui que tudo se complica, pois se o destinatário é daqueles que utiliza os receptáculos para o lixo, logo fica com a suspeita de que os seus vizinhos o nao fazem e está gerada a desconfiança.
E, se contactados todos os moradores do prédio se constatar, como seria de esperar, que nenhum deles coloca o lixo fora dos contentores? É precisamente aqui que defendo que algúem na câmara não fez o seu trabalho em condições. Sei que existe um regulamento para a recolha dos resíduos sólidos urbanos que tem de ser cumprido, mas a fiscalização estará a funcionar? Creio que não, caso contrário não se acusaria ninguém sem provas. Aliás, o teor da missiva, só mostra que, havendo lixo fora dos contentores, os serviços camarários desconhecem a sua proveniência.
Por outro lado, o envio e os termos da carta que os munícipes estão a receber, mostra igualmente que alguém na Câmara desconhece situações concretas que se verificam nas ruas e nos espaços públicos. Que autoridade tem a autarquia para exigir limpeza e o cumprimento do regulamento da recolha de lixos por parte da população quando é a primeira a não dar o exemplo? Quem não conhece a situação da autêntica "lixeira" que é o depósito de materiais da Câmara na zona industrial de Castanheira? E o que o dizer dos contentores que têm de aguentar uma semana inteira para ser despejados. E a limpeza de terrenos camarários? Será que os moradores da freguesias não têm os mesmos direitos que os da vila?

16 comentários:

  1. Sendo um outsider a viver em Coura, e cumprindo com todas as minhas obrigações no que a cumprimento de regras diz respeito, senti-me profundamente indignado, se não mesmo insultado pela dita carta que também recebi da Cãmara desta vila.
    Com efeito, corroboro e até reitero a preocupação mostrada pela supracitada Câmara para com questões ambientais contudo, e porque nunca tive práticas pelas quais fui indirectamente acusado, não posso deixar de revelar a minha indignação pela atitude da dita autarquia.
    Tanto há a fazer neste concelho, se, de facto, tal como adianta EB, se dessem ao trabalho de fiscalizarem, verificariam, com certeza, as situações gravosos que por aí se passam. Situações essas que, inclusivamente, põem em risco a segurança dos seus cidadãos.
    Dando um exemplo concreto, (porque não falo por falar, mas sim com base naquilo que vejo) reparem no caso do prédio sito na rua dos Bombeiros. Já caíram duas lages da fachada desse prédio para o passeio e, felizmente, ainda não foi ferido nenhum transeunte, mas se continuarem a cair, só a sorte ditará o destino de quem por lá circula. E a Câmara sabe dessa situação, até porque foram os próprios funcionários da dita que limparam os destroços. E que medidas tomou? Mandou cartas para os residentes acusando-os de falta de higiéne no despejo dos lixos domésticos!

    ResponderEliminar
  2. E o depósito de entulho feito pela câmara na zona industrial de formariz.
    E a ETAR, que para além de não cumprir os seus objectivos torna-se a principal poluídora.

    ResponderEliminar
  3. Que tristeza outsider, deves ser tão burro, que utilizas uma linguagem como se fosses jornalista da Bola. O homenzinho tu não sabes no país em que vives! Agora temos de responsabilizar o poder político pelo atraso civilizacional dos seus cidadãos.És mesmo um outsider. E tu eduardo deves é arranjar juízo, uns dias tens pertinência outros dias mas valia estar calado. Não vês que alguns assuntos que colocas online são de cair para o chão a rir. Quando não tens nada para dizer está caladinho, se não qualquer dia ficas conotado com o blog do tolinho. Olha recebi p papel e não fiquei chateado, a carapuça não me serve. Quanto aos indignados como o outsider, devo-lhe dizer que quem está indignada é a minha inteligência com tanta burrice e esperteza saloia.

    ResponderEliminar
  4. Este último anónimo deve ser o fiscal da Câmara. Recebeu o papel e a carapuça não lhe serviu? E depois? Acha que isso é desculpa para a maneira pouco educada como a câmara agiu? Se calhar o melhor agora é a polícia começar a mandar as multas para casa de todos os que têm carta. É que, se têm carta, qualquer dia vão infringir a lei, não? É preciso agir com tacto e nao julgar todos pelas asneiras de alguns. Se as pessoas não sabem viver em sociedade, tudo bem, a câmara não tem culpa. Mas que a própria câmara ignore essas regras de sã convivência, isso já não admito.
    Já agora, só mais uma coisa. Se foi um outsider quem fez estes reparos, o que sinceramente custa-me a crer, imagine o que não pensam as pessoas do concelho.

    ResponderEliminar
  5. Acho muito bem o procedimento da Câmara Municial....

    ResponderEliminar
  6. Há gente, mas devia escrever à gente que se julga muito importante, muito inteligente, até com um cursito superior, que fica muito melindrada, até ofendida por causa de um folheto sem importância porque a educação não compete à Câmara mas sim à familia. É a velha questão sempre que há ( à merda ) a culpa é da Câmara e enquanto for assim, não vamos a lado nenhum. Tenham calma, gente tão importante que não tolera um folheto. Eu também estou muito indignado, se calhar não vou dormir à noite. Ó EB já viste os buracos da estrada, acho que daria um bom post para não falar das cuspidelas no chão e das mijadelas contra a parede...

    ResponderEliminar
  7. Outsider, cá por estas bandas não se pode molestar "os meninos". E aconselho a não te identificares, sob pena de seres mais um a sofrer represálias. Afinal o sr presidente não é tão santo como se faz parecer!

    ResponderEliminar
  8. Concordo com a câmara está a fazer em relação aos folhetos, mas tambem se devia preocupar com a recolha por parte da VALORMINHO. Por algumas vezes que já foi visto a mistura do lixo dos vários ecopontos (excepto o vidro), no mesmo contentor do camião respondável pela dita recolha. Mas como já deixa de ser responsabilidade da câmara (????), tudo bem!? Mais uma vez a sacudir a água do capote.

    ResponderEliminar
  9. ò Eduardo a lixeira de castanheira? então o menino não lê as actas da camara? vai ser tudo vendido para a sucata... O JJC não te disse?

    ResponderEliminar
  10. o outsider, gostaria de saber o que isso é. O coitado+o eduardo estão muito preocupados porque agora o PS vai-lhes tornar a vida num inferno. Só faltava esta além de piquinhas, são cagarolas... porque o lobo mau vai atormentá-los. Essa é mesmo boa. Olha que é preciso paciência para tranformar problemas de merda que são consequência da miséria do país, em bandeira política. Os PSDs estejam descansados que vão levar outra vez cabazada, no próximo acto eleitoral. Basta apenas apresentar uma lista, um pouco mais forte, do que esta. Ainda ninguém viu isso. Olha que é preciso ser b....

    ResponderEliminar
  11. o eduardo estavas a ir tão bem e de um momento para o outro pareces que bloqueias...

    ResponderEliminar
  12. Basta engordar os cabazes oferecidos no Natal. Basta continuar o cacique de um mandato inteiro, pelos boys (mais tachos). Basta continuar a denegrir (é baixo)constantemente a imagem daqueles que fazem oposição. Basta as negociatas da emissão de parecer sobre as obras particulares em altura de eleições. Basta a ajuda no desaterro e construção de alicerses (ao sábado), para casas de particulares que representam um punhado de votos. Basta o desaparecimento de boletins de voto. Basta continuar a votar pelos mortos (sim é verdade). Basta alguns padres serem tendenciosos na missa das sete antes das eleições. Basta enviar umas mensagens parecidas com aquela que foi apanhada à Palmira. Basta arrancar a propaganda da oposição. Basta ir a todos os funerais(hipocrisia)! Basta rezar na missa (hipocrisia). Porque será que muita gente diz: "Eu não posso dar a cara". Basta usar os meios da câmara para a campanha. Basta controlar o acesso à Santa Casa da Misericórdia, metendo ao bolso centenas e centenas de contos oferecidos pelas familias do idoso. Não sei como a fraca oposição que temos não fala disto!

    ResponderEliminar
  13. É pá estão a falar de lixo e qualidade de vida? O melhor é ir á Miminho e falar com a Paulinha, ela apresenta já uma moçãozita

    ResponderEliminar
  14. alicerses
    Não é com dois ss?!

    ResponderEliminar
  15. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  16. Cá está a boa formação/educação de alguns socialistas de Coura. Não se pode melindrar (verdades!) os meninos, porque eles perdem o efémero verniz (da loja dos 300).
    "O maior cego, é aquele que não quer ver"

    ResponderEliminar

Agora que leu, pode deixar aqui o seu comentário. Já agora, com moderação e boa educação! O Mais pelo Minho reserva-se o direito de não publicar comentários insultuosos. Quaisquer comentários inadequados deverão ser reportados para o email do blogue. Muito obrigado!