27 janeiro 2006

Mozelos perde para a Gelfa

Não sei quais os critérios que ditaram a escolha, mas o certo é que, no toca a antigos hospitais psiquiátricos desactivados, a Gelfa levou a melhor sobre Mozelos. É que aquela unidade hospitalar de Caminha vai ser transformada num hospital de rectaguarda, com uma unidade cuidados continuados, como há muito vem sendo reclamado para o nosso concelho.
O anúncio foi feito pelo presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar do Alto Minho, entidade que esteve à frente da gestão dos dois hospitais. Não diz o porquê da escolha, mas não será de estranhar que tenha a ver com a proximidade do hospital distrital em Viana do Castelo já que, se virmos a situação pelo plano geográfico, o edifício de Mozelos beneficia de uma melhor localização para o resto do distrito.
Cai, assim, por terra uma das reclamações de Pereira Júnior? Ou será que vai aproveitar o exemplo do que foi feito para a Gelfa e pedir igual tratamento para Paredes de Coura? O que é preciso é não deixar destruir ainda mais aquele património, porque qualquer dia não temos nada para reutilizar.

4 comentários:

  1. Manuel Ferreira27 janeiro, 2006 14:48

    Então o objectivo para Coura não é fazer de Mozelos um hotel?
    Se o presidente da câmara não tivesse cometido o erro de empurrar a auto-estrada para mais de 15Km da vila talvez a localização de Mozelos fosse a melhor. O problema é que, embora central, Paredes de Coura não tem acessos e não os tem por inércia do poder municipal já instalado à tantos anos que nem eles sabem há quantos.
    O Presidente de Coura continua em grande, e as pessoas gostam, voltaram a votara nele não foi? Que se “lixe” o concelho, o que interessa é continuar com a nossa vidinha e levar o cântaro à fonte. O problema é que tantas vezes este lá vai que um dia pode cair e partir-se, e aí o que irão fazer? Logo se vê…

    ResponderEliminar
  2. Lá está outra vez esta gentinha arrogante, que passa a vida a criticar e nem uma propsota inteligente faz.

    ResponderEliminar
  3. o décio que vá mas é tratar da sua pseudo quinta e que é promovida por quem nós sabemos

    ResponderEliminar

Agora que leu, pode deixar aqui o seu comentário. Já agora, com moderação e boa educação! O Mais pelo Minho reserva-se o direito de não publicar comentários insultuosos. Quaisquer comentários inadequados deverão ser reportados para o email do blogue. Muito obrigado!