30 novembro 2005

A3 - Aí está o concurso

Afinal parece que José Sócrates não faltou à verdade quando disse que antes do fim deste ano seria dado o primeiro passo (mais um) para a concretização do acesso de Paredes de Coura à A3, integrado na ligação transversal entre Vila de Cerveira e Arcos de Valdevez. E eis que está lançado novo concurso para a realização do estudo prévio desta ligação.
A notícia vem hoje em O Primeiro de Janeiro e diz que as empresas concorrentes devem apresentar as suas propostas até 30 de Janeiro de 2006. Desenganem-se, contudo, aqueles que contam ter um acesso mais rápido à A3 dentro de pouco tempo, porque, de acordo com a mesma notícia, o prazo estimado para que seja aprovado o impacte ambiental desta ligação é de (???) 30 meses. Ou seja, praticamente só daqui a três anos é que teremos um traçado definitivo e, só depois disso, é que pode ser lançado o concurso para a execução da estrada que, como é sabido, também demorará o seu tempo.
Apesar de tudo é já um passo no bom sentido, a não ser que este estudo tenha o mesmo destino de um outro lançado em 1998, que acabaria por ser anulado devido aos impactes ambientais "demasiado gravosos" do traçado escolhido. De referir que, a condicionar a nova ligação de Paredes de Coura a Sapardos e também a Arcos de Valdevez, estão alguns zonas sensíveis que o estudo prévio tem de ter em conta, nomeadamente a Área Protegida do Corno de Bico e a área de exploração das Águas de Grichões.

8 comentários:

  1. se a estrada vai passar por formariz, tabuão e moselos é melhor esquecer. porque a melhor coisa que temos é o ambiente e se o traçado for este, então o pereira júnior pode vangloriar-se de destruir o tabuão. Seria espectacular estar no festival rock e ouvir os carros a passar a 200 metros. do mesmo modo formariz e moselos perderiam toda a beleza. o melhor traçado seria aquele, que segundo ouvi, é defendido pelo décio guerreiro, que passaria por cossourado e formariz ( pela zona industrial). Aqui até concordo porque o impacto seria muitissimo menor e assim o geninho já não teria de dizer que a culpa de destruir a paisagem de formariz não foi do pereira júnior. Sei que as minhas palavras cheiram a partidos, mas esqueçam isso, o que temos de fazer é lutar pela mudança do traçado. E se assim for então teremos de bater palmas ao presidente pereira júnior.

    ResponderEliminar
  2. Segundi sei Pereira Junior não defende esse traçado por mozelos, sempre defendeu um que viesse pela zona industrial de formariz, maceira e quiça já ligá-lo a Castanheira. O décio aproveitou a ideia. O que é certo é que o governo cumpriu a palavra.

    ResponderEliminar
  3. eu digo para esperarem sentados

    ResponderEliminar
  4. eu não em nenhum de vocês o que vai acontecer é nada vai acontecer. e se alguma coisa se fizer vai ser pelo primeiro traçado, ou seja, o PS de Coura vai destruir o que pouco resta da nossa paisagem. Se eles deixaram fazer um estaleiro de obras a meio da recta de formariz também não são homens para evitar que ligação dê cabo do resto da freguesia. Da mesma maneira a malta de moselos que votou PS pode também esperar pela destruição da freguesia. E isto apenas por uma razão: acham que o Esteves o Monteiro e o Júnior são homens de ir para Lisboa defender os interesses da terra? Eu acho que não porque além de não saberem andar em Lisboa, só sabem ir para belém ou monsanto às matanças do porco. Estamos entregue a uma gentinha, mas a culpa é de quem acredita e votou neles:::: Tenho dito.

    ResponderEliminar
  5. Eu votei no PS e acredito nas pessoas. Não vamos ser sempre do partido do bota abaixo, como um anónimo que para anda a partidarizar e a insultar toda a gente e depois ainda ataca a pessoa que fez este blog. A pessoa do blog dou-lhe os parabéns, ao anónimo só lhe peço para ser tolerante tratar as pessoas como seres que merecem respeito. Quanto a mim acredito Presidente, apesar de não ter fé no Sacristão Esteves e no Homem Bom Monteiro,penso, efectivamente, que ele vai conduzir o processo pelo bom caminho. Precisamos, de facto, de acreditar na nossa terra que tantas coisas boas tem desde da paisagem à culinária e do festival de música moderna de Paredes de Coura. Não digam sempre mal da terra que é de nós todos.

    ResponderEliminar
  6. O traçado da A3 pelo por Formariz e Moselos foi votado em reunião de Câmara e passou por unanimidade.
    Aconteceu isto porque a proposta do governo de então (que eu não sei qual foi)era este traçado ou nada.
    O júnior sempre foi dizendo que quando chegasse altura tentaria fazer ver aos responsáveis que este traçado teria um impacto muito grande, quer no meio ambiente quer em termos paisagisticos.
    Eu só sou a favor de uma ligação à A3, se for no âmbito de uma ligação Vila Nova de Cerveira - Arcos de Valdevez e se o impacto paisagistico não for significativo.
    Se assim não for prefiro demorar 10 minutos até chegar a Sapardos.

    ResponderEliminar
  7. concordo contigo oorque uma das coisa mais bonitas que temos é a beleza natural. Uma coisa que parece não ter significado mas não tenham dúvidas com o desenvolvimento insustentado, que assistimosmà escala global, a beleza será concerteza uma das coisas que mais turismo pode trazer a paredes de coura. E aqui não temos que fazer grande esforço apenas teremos que estar quietos e não estragar. Até porque as estradas não são tudo.

    ResponderEliminar
  8. O mário só diz asneira, porque o que foi votado por unanimidade foi precisamente o contrário. Uma proposta do PSD que defende um traçado alternativo anulando este atentado ambiental. daaah!

    ResponderEliminar

Agora que leu, pode deixar aqui o seu comentário. Já agora, com moderação e boa educação! O Mais pelo Minho reserva-se o direito de não publicar comentários insultuosos. Quaisquer comentários inadequados deverão ser reportados para o email do blogue. Muito obrigado!